top of page
Buscar
  • Foto do escritorDefesa Civil de Niterói

Defesa Civil de Niterói avalia risco em imóveis e encostas em área destruída em Petrópolis





Uma equipe da Secretaria Municipal de Defesa Civil e Geotecnia de Niterói chegou, na manhã desta quinta-feira (17/02), em Petrópolis, na Região Serrana, onde uma tempestade causou a morte de mais de 100 de pessoas e a destruição parcial da cidade. Com a ajuda de diversos equipamentos, incluindo drones, técnicos e engenheiros da Defesa Civil estão fazendo a avaliação dos imóveis atingidos pelos deslizamentos, o que pode aferir se eles estão aptos a serem ocupados ou não.


A Prefeitura de Niterói também está auxiliando o trabalho de resgate de animais nas áreas de risco de Petrópolis. Uma equipe formada por técnicos da Coordenadoria de Defesa Animal (Ceda), da Secretaria de Meio Ambiente e da Guarda Ambiental está na Região Serrana apoiando o Grupo de Resgate de Animais em Desastres (Grade). A Organização Não Governamental é composta por voluntários de todo o país e atua na ajuda e no suporte aos animais em circunstâncias de vulnerabilidade em desastres.


O trabalho nesta quinta-feira se concentrou no Morro da Oficina, uma das áreas mais atingidas por deslizamentos. Os animais resgatados são encaminhados para lares temporários ou para organizações não-governamentais de protetores de Petrópolis.



Ajuda para Petrópolis - A Prefeitura de Niterói iniciou uma campanha de arrecadação de donativos para as vítimas das chuvas em Petrópolis. A cidade está com três pontos disponíveis para doação: Clube Central (Icaraí); Caminho Niemeyer (Centro) e Shopping Itaipu Multicenter (Região Oceânica), de segunda a sexta, das 10h às 16h. A campanha fica a cargo da Campanha Niterói Solidária, coordenada de forma voluntária pela primeira-dama da cidade, Christa Vogel Grael.


Os itens prioritários para doação são água potável (galões de até 20l), material de higiene e limpeza, fraldas infantis e geriátricas, absorvente higiênicos e alimentos não-perecíveis (prioridade para leite em pó), além de ração animal para cães e gatos. As equipes da Prefeitura estão responsáveis pela coleta, armazenamento e transporte das doações até Petrópolis.


Em pronunciamento nas redes sociais nesta quinta-feira, o prefeito de Niterói, Axel Grael, informou que entrou em contato com o prefeito de Petrópolis, Rubens Bomtempo, para oferecer solidariedade e ajuda ao município da Região Serrana.


"Estamos acompanhando de perto essa tragédia que ocorreu em Petrópolis. Temos uma equipe da Defesa Civil de Niterói ajudando nos trabalhos nesse momento tão difícil para os moradores da cidade da Região Serrana. Além disso, o programa Niterói Solidária está recolhendo doações no Caminho Niemeyer, Itaipu Multicenter e no Clube Central, em Icaraí. Tudo o que for arrecadado será enviado para Petrópolis, para ajudar as famílias que estão precisando de suporte”, afirmou o prefeito.


Cadastro para agroecologia - A Coordenação de Agroecologia Urbana da Secretaria do Meio Ambiente de Niterói fará, no próximo dia 22, o cadastramento dos produtores do município para formar o banco de dados da Prefeitura. A iniciativa faz parte das ações de incentivo à produção agroecológica e ao pequeno produtor de Niterói, previstas no Programa Municipal de Agroecologia Urbana. O cadastramento é destinado a produtores agrários residentes na cidade, que produzam, beneficiem alimentos ou insumos agrícolas, inclusive em pequenas agroindústrias.


Os produtores podem fazer o cadastramento na terça-feira, dia 22 de fevereiro, das 11h às 16h, na sede campestre do Sindmóveis (Rua Aristides Melo, 213, Muriqui). Os documentos necessários para o cadastro são original e cópia da identidade e CPF e comprovante de residência.

40 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page