Buscar
  • Defesa Civil de Niterói

Defesa Civil de Niterói intensifica rondas preventivas contra queimadas




Calor e baixa umidade do ar podem provocar incêndios e problemas na fauna e no ar. Em 2021 já foram registradas 88 ocorrências de queimadas em Niterói somente através dos canais de acionamento da Defesa Civil.


A Secretaria Municipal de Defesa Civil e Geotecnia de Niterói ampliou, esta semana, as Rondas Preventivas Contra Queimadas. De acordo com o Setor de Meteorologia do Centro de Monitoramento e Operações (CMO), da Defesa Civil do município, desde o último domingo (22), a ausência de chuva, altas temperaturas e baixa umidade fizeram o risco de fogo em vegetação ser alterado para ALTO. Na terça (24) e quarta-feira (25), respectivamente, as equipes realizaram rondas no Peixe Galo, em Jurujuba e no Boa Vista, no bairro de São Lourenço. Durante a ação, foram visitadas cerca de 70 residências e foram abordados cerca de 200 cidadãos, que receberam orientações e panfletos informativos que ressaltam os riscos relacionados às queimadas, bem como os métodos de prevenção e acionamento das equipes de combate. Apenas neste inverno, período caracterizado pela escassez de chuva, a Secretaria de Defesa Civil registrou 38 ocorrências de fogo em vegetação.


Equipes da Defesa Civil têm feito o trabalho constante de conscientização com a população por meio de SMS, redes sociais e dos grupos de voluntários dos Núcleos de Defesa Civil (NUDEC), além das Rondas Preventivas Contra Queimadas em áreas previamente mapeadas e consideradas críticas. O pedido à toda população é que não queime o lixo, não solte balões e não faça fogueiras ou jogue guimbas de cigarro próximo a vegetação.


Neste ano, desde o início do período de estiagem, foram realizadas rondas nas localidades do Vital Brazil, Souza Soares, Martins Torres, Cavalão, Morro do Marinheiro, Maceió, Jurujuba e Boa Vista. Durante as rondas, as equipes conversam com os moradores das regiões de mata, explicam os riscos das queimadas e informam que, atualmente, toda a cidade conta com a coleta da Companhia Municipal de Limpeza Urbana (CLIN). A equipe também orienta as pessoas a usarem os resíduos naturais, como folhas e galhos, na compostagem ou colocarem em sacos para serem coletados.


O secretário de Defesa Civil, Tenente Coronel Walace Medeiros, explica que as altas temperaturas e baixa umidade relativa do ar criam cenário propício às queimadas. A vegetação fica muito suscetível a qualquer fagulha, qualquer fonte de calor, e esse incêndio pode se alastrar e tomar proporções consideráveis. As queimadas, além de destruir a vegetação, podem causar problemas significativos para a fauna, incêndios em residências, além de trazer prejuízo para a qualidade do ar respirado na cidade.


“Estamos em um período de elevado risco para a ocorrência dos incêndios em vegetação urbana e florestal. Precisamos contar com a conscientização de todos e atuar com foco na prevenção. Seguindo a determinação do Prefeito Axel Grael, temos estruturado ações sistemáticas e integradas com demais setores da prefeitura e com o Corpo de Bombeiros Militar. Estamos realizando o monitoramento das áreas verdes através de drones, realização das Rondas Preventivas Contra Queimadas nas áreas de maior risco, utilizando todos nossos meios de comunicação (mídias sociais, SMS e nosso aplicativo ALERTA DCNIT), para alertar os cidadãos acerca dos riscos, buscando a conscientização de todos para esse grande problema”, explica o secretário.


As rondas preventivas contam com participação de equipes da CLIN, SMARHS, GCM-CMA, lideranças comunitárias e integrantes dos Núcleos de Defesa Civil (NUDEC), grandes aliados nas ações da Secretaria Defesa Civil e Geotecnia, que passou a contar com um grupo de pessoas preparadas para apoiar em ações preventivas e de conscientização.


Em 2014, a Prefeitura deu início ao projeto Niterói Contra Queimadas, iniciativa voltada às ações de prevenção e combate à incêndios em vegetação, constituída de ações de mapeamento de áreas vulneráveis, rondas preventivas nessas áreas, elaboração de plano de contingência que prevê ações integradas entre prefeitura e Corpo de Bombeiros, capacitação dos guardas ambientais para combate à incêndios e, por fim, convocação e capacitação de voluntários para integrarem o NUDEC contra Queimadas, que hoje conta com mais de 300 integrantes.


Caso identifique fogo em vegetação, ligue imediatamente para o Corpo de Bombeiros (193).

18 visualizações0 comentário