Buscar
  • Defesa Civil de Niterói

Gabinete de Gestão Integrada de Proteção e Defesa Civil passa a conta com a participação do Inea.


14/05/2021 – Por meio de uma iniciativa da Defesa Civil de Niterói e com objetivo de criar protocolos de respostas rápidas para minimizar danos em casos de incidentes ou desastres, o Instituto Estadual do Ambiente (Inea) passou a integrar, a partir desta sexta-feira (14), o Gabinete de Gestão Integrada de Proteção e Defesa Civil, que já conta com a participação das concessionárias Águas de Niterói, Enel, Naturgy, Ecoponte, e do Corpo de Bombeiros, da Marinha e do Exército. O objetivo é oferecer respostas rápidas para minimizar danos em casos de incidentes ou desastres de médio e grande porte, especialmente de caráter geológico e hidrológico, que possam ocorrer em função da geografia do município.

O secretário municipal de Defesa Civil de Niterói, Walace Medeiros, ressalta a importância da integração entre as principais forças e representantes dos órgãos locais.

“É importante somar essa articulação com a União e o Estado, com propriedade àqueles que são essenciais nesta estrutura, como Exército, Marinha, Corpo de Bombeiros e as concessionárias que atuam na cidade, que já interagem em conjunto com a Prefeitura. Niterói é a primeira cidade do Rio de Janeiro a ter essa iniciativa, que só trará benefícios à população. A partir desta reunião vamos iniciar uma série de atividades em conjunto com ações ambientais e de proteção e defesa civil”, enfatiza Walace Medeiros.

Durante a reunião que concretizou a participação do Inea, o representante do órgão conheceu um pouco mais sobre os projetos já implementados pela Defesa Civil de Niterói, como a Ronda Preventiva contra Queimadas, que tem como fundamento a necessidade de preservar as áreas verdes do município. A ideia é montar protocolos preventivos e integrados de ação e monitoramento envolvendo os voluntários dos Núcleos de Defesa Civil (Nudecs) e os voluntários do Inea, gerando protocolos emergenciais.

“Estamos juntos para trabalhar em prol do meio ambiente. Esta integração é muito importante para a sociedade e para os órgãos envolvidos na iniciativa, como esse trabalho conjunto e que integra o Parque da Serra da Tiririca com a Defesa Civil de Niterói para coibir a questão das queimadas e minimizar as perdas das nossas áreas verdes”, diz, Leandro Augusto, gestor do Parque Estadual da Serra da Tiririca (PSET) e que será o representante do Inea no Gabinete de Gestão.

Esta iniciativa voltada para a integração faz parte da Política Municipal de Defesa Civil, sancionada em 2020, que coloca a Secretaria na coordenação do Sistema Municipal de Proteção e Defesa Civil que deve agregar os recursos das áreas pública e privada. Além disso, essa é uma das metas propostas para os primeiros 100 dias de governo.

A proposta de criação de Gabinete de Gestão Integrada de Proteção e Defesa Civil é o mais recente de uma série de investimentos no Sistema Municipal de Proteção e Defesa Civil de Niterói. Desde 2013, a Secretaria vem implementando várias ações relacionadas ao fortalecimento institucional de aumento da capacidade operacional, novas tecnologias de monitoramento meteorológico e ferramentas de comunicação com a população e capacitação de voluntários.

Em janeiro de 2014, foi criado o Sistema Municipal de Proteção e Defesa Civil, reunindo diversas secretarias municipais, a população ­- com mais de 118 Núcleos de Defesa Civil e aproximadamente dois mil voluntários já formados -, além de órgãos da iniciativa privada e governamentais das demais esferas.

Sobre o Gabinete de Gestão Integrada – Na gestão do prefeito Axel Grael foi estabelecida, dentro do Plano de 100 dias de governo, a meta que previa a criação do Gabinete de Gestão Integrada de Proteção e Defesa Civil, e que surgiu a partir da necessidade do aprimoramento das estratégias de integração com as estruturas do setor privado (principalmente concessionárias de serviços públicos), além de órgãos vocacionados para ações pertinentes no contexto de prevenção e resposta a emergências e desastres das demais esferas de governo sediadas em Niterói.

O grupo tem a proposta de realizar reuniões de trabalho periódicas com o objetivo de aprimorar estratégias preventivas relacionadas a todas as áreas envolvidas, aprimoramento constante de protocolos de atuação conjunta, além de implementar sistemas de comunicação mais eficientes e adequados a situações emergenciais. Desta forma, a partir da criação do gabinete, fica gerada uma plataforma permanente e colaborativa voltada à otimização dos recursos e aperfeiçoamento de estratégias que visam aumentar a proteção do cidadão e consequente poder de resiliência do município.


23 visualizações0 comentário