Defesa Civil está capacitando mais uma turma de voluntários para ajudar em ações contra queimadas

A Defesa Civil de Niterói se prepara para formar, ainda este ano, mais 60 voluntários no Núcleo de Defesa Civil (Nudec) Contra Queimadas. O projeto que atualmente tem mais de 300 participantes, passará a contar com esse grupo de pessoas capacitadas para apoiar ações preventivas e de conscientização. O prefeito de Niterói, Axel Grael, acompanhou neste sábado (25) uma das aulas de formação.
“Niterói foi pioneira ao montar um plano de enfrentamento a queimadas e a ação dos voluntários tem um papel importantíssimo dentro dessa estratégia. No momento em que o país enfrenta retrocessos de suas políticas ambientais e o recrudescimento da destruição por queimadas de extensas áreas da Amazônia, Niterói dá exemplo de políticas públicas responsáveis e comprometidas com o patrimônio natural. Nossa Defesa Civil se supera a cada dia para atuar em situações de emergência, salvar vidas e prevenir problemas maiores para a população”, disse Grael. Os voluntários participam de um curso composto por 2 módulos (aulas teóricas e práticas) voltado para a conscientização, formas de prevenção, monitoramento de balões e apoio às equipes de combate nas grandes ocorrências de queimadas. O Nudec Queimadas faz parte do projeto Niterói Contra Queimadas, que acontece desde 2014. A iniciativa é voltada às ações de prevenção e combate à incêndios em vegetação, constituída de ações de mapeamento de áreas vulneráveis, rondas preventivas nessas áreas, elaboração de plano de contingência que prevê ações integradas entre prefeitura e Corpo de Bombeiros, capacitação dos guardas ambientais para combate à incêndios e convocação e capacitação de voluntários para integrarem o núcleo.
“Através dos Nudecs, estamos realizando um importante trabalho de conscientização, integração e parceria com a sociedade. As equipes multiplicam os conceitos de prevenção nos locais onde residem, além de apoiarem as ações emergenciais da Defesa Civil”, ressaltou o secretário de Defesa Civil, tenente-coronel Walace Medeiros.

A cidade conta ainda com outros voluntários dos Núcleos Comunitários da Defesa Civil, que possuem noções básicas de defesa civil, primeiros socorros, avaliação de risco e prevenção e combate a incêndios e acidentes domésticos.
Daniel Gregório é presidente da Associação de Moradores da Martins Torres e está participando, junto com outros seis voluntários, da capacitação.
“Recentemente fizemos uma ação com 12 voluntários para conscientizar os moradores sobre as medidas preventivas contra as queimadas e a importância da preservação das encostas. Buscamos envolver a comunidade em tudo, aproximar o governo e os moradores”, explicou Gregório. O secretário municipal de Participação Social, Anderson Pipico, destacou o esforço do município em equipar a Defesa Civil.
“Temos hoje a maior Defesa Civil do estado e uma das mais relevantes do Brasil. Esse trabalho faz toda a diferença para a nossa cidade”, observou o secretário.
Alex Figueiredo atua diretamente ligado ao voluntariado do Parque Natural Municipal de Niterói (Parnit).
“O voluntariado auxilia o poder público não só nos mutirões, mas sendo os nossos olhos em algumas ocasiões, sinalizando e ajudando ao entrar em trilhas, matas. Cada trabalho é importante”, frisou Alex durante palestra para o grupo.

Defesa Civil está capacitando mais uma turma de voluntários para ajudar em ações contra queimadas